Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
06 de Dezembro, 2016

MPT RS inicia operação no hospital Tacchini de Bento Gonçalves

 Começou, na manhã desta terça-feira (6/12), no Tacchini, em Bento Gonçalves, (razão social Associação Dr. Bartholomeu Tacchini), a quarta operação da força-tarefa de adequação das condições de saúde e segurança no trabalho em hospitais no Rio Grande do Sul. A unidade está localizada na rua Dr. José Mario Mônaco, 358, Centro. O grupamento operativo é coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O objetivo é investigar condições de saúde e de segurança dos trabalhadores, em todos os postos de trabalho, à semelhança do que é feito nos frigoríficos, desde janeiro de 2014. Os principais problemas enfrentados no setor são doenças de coluna pelo esforço de movimentar pacientes, acidentes com perfurocortantes e contaminação biológica.

 Começou, às 8h desta terça-feira (6/12), no Tacchini, em Bento Gonçalves, (razão social Associação Dr. Bartholomeu Tacchini), a quarta operação da força-tarefa de adequação das condições de saúde e segurança no trabalho em hospitais no Rio Grande do Sul. A unidade está localizada na rua Dr. José Mario Mônaco, 358, Centro. O grupamento operativo é coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O objetivo é investigar condições de saúde e de segurança dos trabalhadores, em todos os postos de trabalho, à semelhança do que é feito nos frigoríficos, desde janeiro de 2014. Os principais problemas enfrentados no setor são doenças de coluna pelo esforço de movimentar pacientes, acidentes com perfurocortantes e contaminação biológica.

  A operação tem apoio técnico da Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro), ligada ao Ministério do Trabalho (MT); de 3 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs): Caxias do Sul (5ª), Cachoeira do Sul (8ª) e Erechim (11ª), vinculadas à Secretaria Estadual da Saúde (SES); de 2 Centros Regionais de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerests): Caxias do Sul (Serra) e Santa Maria (Centro), vinculados aos seus municípios-sede, além do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio Grande do Sul (CREA-RS). O movimento sindical dos trabalhadores também participa com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Caxias do Sul (Sindisaúde), que abrange 27 municípios da Serra, atingindo cerca de 14 mil profissionais. Relatórios dos parceiros instruirão inquérito civil (IC) instaurado no MPT em Caxias do Sul, unidade administrativa com abrangência sobre Bento Gonçalves.

     A ação tem participação de 21 integrantes. Pelo MPT, o representante estadual da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat), procurador do Trabalho Ricardo Garcia (lotado em Caxias do Sul), a assistente social da Assessoria de Planejamento, Gestão Estratégica e Serviço Social (Apges), Vitória Raskin, e o chefe da Assessoria de Comunicação do MPT-RS, jornalista Flávio Wornicov Portela (ambos de Porto Alegre). Entre os parceiros, pelo Centro Estadual do Rio Grande do Sul (CERS) da Fundacentro, a chefe de Serviços Técnicos, engenheira de segurança Cristiane Paim da Cunha.

     Pela Saúde, 8 profissionais: 3 das CRSs, a fonoaudióloga Bruna Campos de Cesaro (Caxias do Sul) e os fiscais sanitários Solange Terezinha Alves de Oliveira (também especialista em saúde, Cachoeira do Sul) e Ronaldo Ribeiro Bicca (também dentista, Erechim); e 5 dos Cerests Regionais, a médica Rosa Maria Salaib Wolff (Santa Maria), a fisioterapeuta Ida Marisa Straus Dri, a enfermeira Gabriela D'Agostini Arcari, o técnico em segurança Ben Hur Monson Chamorra e o fiscal sanitário Glediston Jesus Dotto Perottoni (os quatro de Caxias do Sul).

     O CREA atua com 4 profissionais: a supervisora de fiscalização da Serra / Sinos, Alessandra Maria Borges (Caxias do Sul), o engenheiro mecânico do Núcleo de Suporte Técnico da Fiscalização, Gelson Luis Frare, e os agentes-fiscais Emerson Jauri Rinaldi e Sérgio Durli (ambos da Inspetoria de Bento Gonçalves). A ação foi acompanhada, ainda, por 3 dirigentes do Sindisaúde: presidente Danilo Gonçalves Teixeira, secretária-geral Bernadete Giacomini e diretor Fabrício Soares Borges. Estão acompanhados da fisioterapeuta do trabalho e especialista em ergonomia Carine Taís Guagnini Benedet (Caxias do Sul) e do jornalista Jânio Luiz de Medeiros.

Com informações do MPT RS

VOLTAR PARA LISTA DE Banner Notícias