Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
07 de Janeiro, 2016

Salário Mínimo nacional de 2016 tem reajuste de 11,68%

A partir de 1º de janeiro de 2016, o valor do salário mínimo (SM) será de R$ 880,00. Este valor representa 11,68% sobre os R$ 788,00 em vigor durante 2015 e corresponde à variação de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 e à variação anual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2015, estimada em 11,17%. O valor resultante da aplicação da regra seria de R$ 876,86, mas o governo arredondou para R$ 880,00.

 

 

Abaixo opinião do presidente da CTB-RS, Guiomar Vidor, sobre o reajuste:

 

Salário Mínimo Nacional tem reajuste de 11,67%. Presidente Dilma garante política de valorização e ganho real. No Rio Grande do Sul, o Governo Sartori continua indefinido sobre reajuste do Mínimo Regional.

 

A CTB reconhece a importância da política de valorização do salário mínimo implementada em nível nacional, nos últimos 15 anos, que concedeu ao mesmo um ganho real de mais de 75% acima da inflação.Para 2016, o valor de R$880,00, que garantiu um reajuste de 11,67%, segue esta politica, que apesar de positiva precisa ser ampliada para que ele possa atender a médio e longo prazo as necessidades básicas estabelecidas na CF/88, que é de R$3.400,00.

 

No Estado, a indefinição do Governo do Estado sobre reajuste do Mínimo Regional que deixa na expectativa mais de 1,5 milhão de Trabalhadores e Trabalhadoras que são os que mais precisam é inconcebível, tendo em conta que a pauta foi entregue há três meses ao governo do estado. Foram realizadas várias reuniões com empresários, governo e trabalhadores e até o presente momento nenhuma definição foi tomada pelo governo Sartori, que havia assumido compromisso com os trabalhadores de enviar o projeto de reajuste antes do final do ano para votação na ALERGS.

 

Esperamos que o governo estadual haja com coerência, estabelecendo no mínimo o mesmo reajuste concedido para o salário mínimo nacional de 11,67%, que elevaria o valor do mínimo do estado para R$1.124,00, ampliando a distribuição de renda e fomentando o desenvolvimento econômico e social do RS.

 FONTE: PORTAL CTB/RS

 

VOLTAR PARA LISTA DE Banner Notícias