Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
15 de Setembro, 2016

Temer anuncia programa de privatizões

 O  presidente sem voto Michel Temer anunciou a implementação do programa "Crescer", que pretende realizar privatizações de 25 projetos, todos para os anos de 2017 e 2018. De acordo com Temer, a abertura de capital e o fatiamento do patrimônio público visam combater o desemprego, o problema é que essa receita já foi aplicada em um outro momento e o resultado foi exatamente o inverso.

O programa inclui ativos em rodovia, ferrovias, terminais portuários, mineração, geração e distribuição de energia e saneamento. Setores que nos governos Lula e Dilma receberam investimentos importantes através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do programa de Investimento e Logística.

No que se refere às concessões, as primeiras serão de quatro aeroportos e dois terminais portuários, que terão seus editais lançados ainda neste ano e a previsão de leilões no primeiro semestre do ano que vem. O governo entreguista ainda prevê vender a parte de loterias da Caixa. 

De olho do capital estrangeiro, Temer indicou que os 25 projetos também serão ofertados ao capital estrangeiro. 

Segundo o pronunciamento do presidente sem voto, a maior parte dos projetos depende de aprovação do Congresso ou decretos de sua iniciativa. A ideia do governo é debater os pontos com os empresários e determinar quais já poderão começar a sair do papel.

Privatização e produtividade, mas com precarização

Com o discurso de aumento da produtividade para alavancar a economia, o empresariado sinaliza para a defesa do aumento da jornada de trabalho. Desde que Temer assumiu o discurso é um só: "Precisamos modernizar para avançar". E teve quem defendesse que 1 hora de almoço era muito para o trabalhador, que poderia, em 15 minutos, comer sanduíche com uma mão e manejar a máquina com a outra. 

Isso em nada se associa à elevação da produtividade do trabalho, pelo contrário, tem a ver com uma ampliação da exploração do trabalhador.

Fonte: Portal CTB

VOLTAR PARA LISTA DE Banner Notícias