Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
11 de Janeiro, 2016

Caxias terá ações especiais para combater mosquito Aedes Aegypti

Caxias do Sul não tem casos confirmados de dengue, zika vírus e febre chikungunya, mas um gabinete de crise será criado na cidade para reforçar a prevenção ao Aedes Aegypti, vetor dessas três doenças. Uma reunião na prefeitura, na manhã desta segunda-feira, detalhou quais ações, planejadas pela secretaria da saúde, serão tomadas a partir de agora. Na semana passada, a secretária da Saúde, Dilma Tessari, havia dito que o Exército participaria dessa força-tarefa.

— Caxias não está em situação de emergência, mas o Brasil está. Podemos estar criando uma subraça no país e precisamos nos mexer. Então, o problema é nosso, é de todos — ressaltou o prefeito Alceu Barbosa Velho.

De acordo com a secretária da saúde, grupos serão criados (leia mais abaixo) para essa força-tarefa contra o mosquito.

— Não temos uma data para implementar todas as ações, mas a estruturação já começa hoje. Não vamos perder tempo. Diversos segmentos participarão de tarefas específicas, mas a população também precisa ajudar. Todo mundo precisa fazer sua parte porque só combateremos mesmo o mosquito se não permitirmos que ele nasça — enfatiza a titular da pasta.
FONTE: PIONEIRO.COM

VOLTAR PARA LISTA DE Notícias Destaque