Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
29 de Janeiro, 2014

Cooperação com Cuba prevê mais médicos para o Brasil

Em visita a Havana, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, se reuniu com participantes do terceiro ciclo do programa Mais Médicos e assinou parcerias na área da saúde. Os médicos desembarcaram nesta terça-feira (28) no Brasil. Eles cursarão o Módulo de Acolhimento e Avaliação antes de se deslocarem para os municípios em que vão atuar pelo programa.

 

Durante o encontro, foi assinada uma carta de intenções que estabelece parceria bilateral para o desenvolvimento de medicamentos inovadores. A cooperação permitirá que empresas brasileiras e cubanas desenvolvam conjuntamente processos para novos medicamentos contra o câncer e enfermidades autoimunes. A iniciativa permitirá a redução no custo desses medicamentos e produtos e o estímulo à inovação tecnológica no Brasil.

 

A assinatura do documento entre os ministérios da Saúde dos dois países e o Grupo das Indústrias Biotecnológica e Farmacêutica (BioCubaFarma) se dá no âmbito do Comitê Gestor Binacional (CGB), criado em 2011. Ele é responsável por coordenar, monitorar e priorizar os projetos de desenvolvimento conjunto, desde as etapas iniciais de pesquisa até a possibilidade de produção em ambos os países.

 Fonte: Agência Brasil

VOLTAR PARA LISTA DE Notícias